Pular para o conteúdo principal

Presidente da AFA volta atrás e cancela ’superliga’ argentina

1 de agosto de 2011  gazeta express

Tags

Relacionadas

    Uma semana depois de a Associação do Futebol Argentino (AFA) anunciar que criaria, a partir de 2012, um campeonato local com 38 clubes, fundindo as Séries A e B Nacional, o presidente da entidade, Julio Grondona, cancelou a medida. Em comunicado divulgado no site da entidade, o dirigente disse que a decisão não tem validade.
    Segundo a nota, a ‘confusão desnecessária causou uma série de pronunciamentos equivocados de pessoas que não tem poder de decisão sobre o futebol do país’. Assim, foi considerada suspensa qualquer decisão tomada na reunião do dia 25 de julho.
    Ainda foi pedido aos clubes locais que deem sugestões para modificações ou novos modelos de disputa do campeonato local, que os torneios atuais começarão todos com o regulamento já conhecido e que nenhuma outra empresa ou organização decidirá sobre o futuro do futebol nacional.
    Em entrevista à rádio Rivadavia, o mandatário comentou a decisão. ‘Estou contente porque tudo segue igual. Precipitaram-se na repercussão do tema e acabram falando muitas besteiras. Assim, decidi cancelar as medidas. Além do mais, qualquer modificação terá de ter 80% de aprovação dos representantes da liga’, comentou.

    Comentários