STJD anula partida da Série D e oitavas-de-final pode ter novo integrante




Rio de Janeiro, RJ - O Campeonato Brasileiro da Série D está em aberto. Na madrugada desta quarta-feira, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) acabou julgamento a partida entre Anapolina e Tocantinópolis e decidiu pela anulação do confronto. Assim, o futuro da competição deve ser definido nos próximos dias, já que essa decisão pode causar alterações na classificação.

O julgamento durou aproximadamente três horas e o Anapolina acabou sendo defendido pelo advogado Osvaldo Sestário, que primeiramente queria a eliminação do Itumbiara, mas conseguiu pelo menos a realização de uma nova partida entre o time goiano e o Tocantinópolis, que deve ser remarcado nesta quarta-feira pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). 
  Assim, o Itumbiara acabou sendo absolvido, enquanto o Anapolina foi condenado
a pagar uma multa de R$ 7 mil e o Tocantinópolis terá que desembolsar R$ 10 mil. Por parte do time tocantinense, Fuzoê foi suspenso por 180 dias, China terá que cumprir cinco jogos de suspensão e Renatinho foi punido com 12 jogos, além de uma multa de R$ 5 mil. Já os jogadores Santos e Gustavo, além do auxiliar-técnico Valdemar Pereira, todos do Tocantinópolis, foram absolvidos.
Com essa decisão do STJD, o jogo envolvendo Itumbiara e Villa Nova-MG não deve acontecer neste final de semana, já que o Anapolina pode garantir a classificação se vencer o Tocantinópolis na partida que será remarcada. No primeiro confronto das oitavas-de-final da Série D, o Itumbiara venceu o Villa Nova, por 3 a 1.

O Anapolina foi eliminado, depois do “cai cai” promovido pelo Tocantinópolis-TO, que já perdia por 4 a 1, quando faltavam ainda vinte minutos para o término do jogo em Anápolis. Naquela altura, mais um gol daria a vaga ao Anapolina no lugar do Itumbiara que já tinha perdido para o Tupi-MG, por 1 a 0, em Juiz de Fora-MG. O time mineiro terminou na liderança do Grupo 5, com 14 pontos, seguido por Itumbiara e Anapolina, com 13 pontos, com o Itumbiara tendo melhor saldo de gols: 3 a 2.

O Anapolina acusa o Itumbiara de ter enviado um incentivo financeiro para que o Tocantinópolis vencesse o time de Anápolis. Antes da partida, o técnico do Itumbiara, Victor Hugo, chegou a dar uma entrevista dizendo que sabia sobre uma possível mala branca. "Eu sei que nosso presidente está mandando dinheiro para o Tocantinópolis. Então, você gratificar uma equipe para ganhar o jogo, acho que isso aí não tem nada que impeça", comentou o treinador em entrevista à Rádio Globo de Juiz de Fora-MG.
fonte: futebol interior

Comentários