CACAU CONQUISTA 2º TÍTULO EUROPEU DE FUTSAL

Neste domingo (26), o cearamirinense Cacau sagrou-se bicampeão da Taça da Uefa de Futsal. No comando do Kairat Almaty, o potiguar levou a equipe do Cazaquistão a vitória por 3 a 2 sobre o poderoso Barcelona, em Lisboa, interrompendo o que seria o terceiro título do time catalão. Em 2013, Cacau havia conquistado o primeiro título justamente sobre o Barcelona, consagrando-se como única equipe a vencer o milionário clube espanhol. O time do Kairat ainda conta com outros norte-rio-grandenses. Além de Cacau, o time conta com Joan e Douglas.

Presente no jogo decisivo pela segunda vez em três anos, o campeão de 2013 terminou a semana em grande estilo depois de ter conquistado o 12º título seguido no Azerbaijão e negou aos espanhóis do Barcelona o desejo de revalidar a conquista do troféu pela primeira vez desde 2003 e igualar o recorde de três títulos do compatriota Inter FS. O Kairat abriu o placar na sequência de boa jogada coletiva finalizada por Humberto. Responsável pela assistência no primeiro gol dos cazaques, Leo deu o passe para o segundo gol, marcado por Divanei – campeão de Portugal por quatro vezes pelo Sporting Clube de Portugal. E tudo nasceu num lançamento milimétrico da bola para o ataque por parte de Higuita – um dos melhores do mundo a jogar com os pés.


Mesmo sendo uma das melhores formações mundiais em jogadas de bola parada, o Barça precisou de alguma felicidade para reduzir a diferença por Saad Assis, quando Higuita deixou passar a bola por baixo do corpo num remate rasteiro sem muita força. Refeito da lesão numa coxa, Sergio Lozano foi expulso com vermelho por travar Mikhail Pershin quando este corria isolado para o gol. O Kairat aproveitou a momentânea superioridade numérica para aumentar a vantagem com Igor. A experiência da formação da Catalunha veio com Lin tratou que devolveu a esperança ao seu conjunto de imediato. O Barça arriscou com o goleiro linha Saad, mas não conseguiu impedir o Kairat de festejar em Lisboa.


fonte: Sou Mais RN

Comentários