ATLÉTICO-MG NÃO JOGARÁ COM A CHAPECOENSE E PERDERÁ POR WXO

Resultado de imagem para PRESIDENTE DO ATL MG
PRESIDENTE DO ATLÉTICO-MG CONFIRMA QUE NÃO JOGARÁ NA ÚLTIMA RODADA
O Atlético-MG anunciou que não irá disputar a última rodada do Campeonato Brasileiro contra a Chapecoense. Depois da tragédia que envolveu a delegação do clube catarinense, o presidente do time alvinegro, Daniel Nepomuceno, anunciou em entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira que o elenco não irá a Chapecó.

"Vim aqui somente informar que o Atlético não irá jogar, não irá até Chapecó jogar a última partida. A gente acredita no esporte, a gente respeita a dor, não é o momento para cobrar de jogador nenhum o que é a essência do esporte. Já comuniquei a CBF, que concorda; já conversei com o presidente da CBF, Marco Polo, que concordou. Mas nesta partida o Atlético não irá. Provavelmente, a maior punição é a perda dos três pontos, como isso não altera a posição do Atlético na tabela, não podemos ser prejudicados. É o minimo que tem que se ter pelos familiares, pela cidade, pelo estado e pelo país que está sofrendo com a tragédia nesta semana", afirmou o dirigente na coletiva.

A medida, assim, impede a realização da 'festa' que o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, havia sugerido para ocorrer na rodada derradeira da Série A.
Por conta das mortes, a entidade adiou a última rodada do Campeonato Brasileiro para o dia 11 de dezembro. O Atlético-MG, adversário da Chape, pediu para cancelar a partida, mas a vontade de Del Nero era que o duelo ocorresse.
"Conversei com o presidente Del Nero sobre a partida contra o Atlético-MG. Ele disse: ‘Este jogo tem que acontecer. Tem que ser uma grande festa'. Respondi: ‘Não temos 11 jogadores'. Ele disse: "Tem sim. Vocês têm categoria de base, os jogadores que ficaram. Não importa. Tem que fazer uma grande festa. Chapecó e a Chapecoense merecem'", afirmou o presidente em exercício da Chapecoense, Ivan Tozzo, na quarta.
Assim, o Galo agiu por conta própria e abdicou dos pontos do duelo que seria disputado na Arena Condá. O resultado fará com que os catarinenses terminem com 55 pontos, na oitava ou nona colocação. Já o Atlético-MG, que encerraria na quarta posição de qualquer forma, ficará com 62 pontos.
Devido ao acidente aéreo envolvendo a delegação da Chapecoense que tirou a vida de 71 pessoas na madrugada de terça-feira, a final da Copa Sul-Americana foi cancelada. No horário da partida que seria realizada contra o Atlético Nacional no Atanasio Girardot, o que se viu foram cerimônias emocionantes tanto no estádio colombiano quanto na Arena Condá.
Fonte: ESPN UOL

Comentários