domingo, 12 de agosto de 2012

PAI QUANTAS SAUDADES!

DIA DOS PAIS sinônimo de: Alegria, Comemoração, Presentes, Abraços e de...Saudades, muitas saudades.

Ao longo da minha vida o 2º domingo de agosto foi festejado com os quatro primeiros itens da relação citada acima, mas hoje dia 12 segundo domingo de agosto levantei cedinho com um filme passando em minha cabeça, um filme baseado em fatos reais com cenas onde o personagem central era batalhador, amigo, não media esforços para fazer o bem, gostava de brincar com os amigos, e como todo o ser humano as vezes estava chateado e ficava no seu canto quietinho e todos já percebiam que as brincadeiras não fluiriam, pelo menos neste momento. Lembro que o "artista" do filme criticava as atitudes mesquinhas dos políticos mas certamente estaria comentando euforico com todos que o rodeavam a situação política municipal. E diferente de mim ele era torcedor do américa de Natal fato que nunca distânciou as saborosas conversas sobre o que ele gostava muito que era futebol, e nas imagens do roteiro de vida de um passado que será sempre lembrado com muito carinho me vi na adolescência jogando futsal e apesar de não ser considerado um bom jogador, era muito comum ouvir meu nome literalmente gritado por um torcedor que caminhava entre o público que lotava a quadra 31 de março, e apesar de nunca ter recebido prêmio pelo meus feitos futebolísticos para esse torcedor eu sempre fui o melhor jogador de todas as competições em que disputei, e confesso... o quanto isso me motivava.

As cenas de uma vida real prosseguiu com muitos acontecimentos corriqueiros mas, não menos importante... Que fez com que os olhos marejados acordasse para a realidade e me fizesse pedir força a DEUS para suportar a ausência do personagem principal do filme que é a estrela maior não de Hollywood mas da vida da minha mãe, da minha, do meu irmão, das minhas irmãs, dos netos e de toda a família.

Abri os olhos carregados de boas lembranças e senti um frio na barriga ao lembrar que jamais sentirei o calor humano e a presença física do personagem das passagens acima narradas, o meu primeiro professor, o meu ídolo do qual sou fã, o meu grande PAI... 12 de agosto de 2012 o meu primeiro dia dos pais em que o 5º item da relação acima há quatro meses tem sido constante...Saudades, saudades, saudades...saudades. Muitas saudades!

Te amo pai!


Nildo Ângelo


Nenhum comentário:

Postar um comentário