segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Salgueiro perde três pontos no tribunal e é rebaixado na Série B


Na zona de rebaixamento da Série B do Campeonato do Brasileiro, o Salgueiro já não tinha muitas chances de se livrar da queda para a Série C. Mas, após perder três pontos em julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por ter escalado de forma irregular o meio-campo Josa, na partida contra a Portuguesa, pela 29ª rodada, o descenso se confirmou. O clube, no entanto, ainda pode recorrer da decisão.
O time do interior de Pernambuco escalou Josa para o duelo contra a equipe rubro-verde, em 7 de outubro, mas o jogador deveria cumprir suspensão automática após ter recebido o terceiro cartão amarelo na partida anterior, contra o Boa Esporte. As outras duas advertências foram diante do Paraná e do Náutico.
O Salgueiro foi denunciado no artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), por "incluir na equipe, ou fazer constar na súmula, atleta em situação irregular para participar da partida".
Mesmo com os apelos do supervisor do clube, Waldir Lins, que alegou ter contado um cartão amarelo contra o São Caetano, no dia 30 de agosto, e não um vermelho, como de fato ocorreu. A advogada Patrícia Saleão ainda comentou que não houve má fé, mas o tribunal foi unânime na aplicação de uma multa de R$ 500 e na perda de três pontos.
Assim, os pernambucanos ficam com 26 pontos, 16 atrás do ASA, primeiro time fora da degola. Restam, no entanto, apenas 15 em disputa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário