O ADEUS DO REI DO NORDESTE

Aracaju, SE, 18 (AFI) – Aos 49 anos, o técnico Maurício Simões (foto) não resistiu ao infarto, que sofreu no último domingo, e morreu, na noite desta terça-feira, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Cirurgia de Aracaju. 

Na noite da última segunda-feira, o treinador sofreu uma cirurgia de cerca de 10 horas, após apresentar um quadro de dissecção aguda da artéria aorta. Dissecção da aorta ou dissecção aórtica é uma espécie de um rasgão na parede da aorta, a maior artéria do corpo.

Segundo a esposa do treinador Núbia Simões, Maurício Simões deixou a filha no trabalho e voltava para casa, dirigindo seu automóvel, quando começou a sentir fortes dores no peito. O técnico ainda conseguiu parar em um posto de gasolina, onde foi socorrido e encaminhado ao hospital. Os primeiros socorros foram prestados no Hospital Primavera e depois foi encaminhado ao Hospital Cirurgia.

Mais de Maurício Simões
Natural de Recife, José Maurício Fernandes Simões teve como último o Salgueiro, durante o Campeonato Brasileiro da Série B. Técnico de personalidade forte, ele ficou conhecido no futebol como Rei do Nordeste por ter construído sua carreira e conquistado suas mais maiores glórias naquela região do país.
Apesar da pouca idade, Simões tem uma vasta experiência na carreira de treinador. São 26 anos de carreira, com passagens por vários clubes tradicionais. Entre os principais estão, Central-PE, Santa Cruz-PE, ABC, Sergipe, ASA, Maranhão, Moto Club-MA, Ferroviário-CE, Confiança-SE, Treze-PB, Vila Nova, Campinense-PB e CRB.
O treinador ganhou inúmeros títulos. Logo de cara, em 1991, quando defendia o Santa Cruz, ele foi eleito o técnico revelação do Campeonato Pernambucano. No Picos, de Piauí, Maurício Simões foi Tricampeão Estadual (1994/1997/1998) e eleito o técnico do ano, em 1994 e 1997. A saga continuou no Sergipe, onde o treinador foi Tricampeão Estadual (95/96/2003) e ainda foi eleito o técnico do ano, em 1996.

Ainda no Estado, o Rei do Nordeste foi Tricampeão Sergipano (2001/2002/2004), desta vez, pelo Confiança. Para finalizar, Maurício Simões ainda ganhou o Campeonato Paraibano com o Campinense, em 2004, e com o Treze, em 2005 e 2006. Experiente, ele também tem passagens por um clube de Portugal, assim como o Estado de Goiás.
FONTE:FI

Comentários