segunda-feira, 26 de setembro de 2011

JOGADOR DO GRÊMIO DESISTE DE JOGAR NA SELEÇÃO

RIO - O lateral-direito Mário Fernandes, do Grêmio, não se apresentou à seleção brasileira. O jogador de 20 anos foi convocado para o Superclássico das Américas contra a Argentina, nesta quarta-feira, em Belém e deveria ter embarcado na manhã desta segunda-feira, mas desistiu da viagem.
Segundo a assessoria de imprensa do jogador, Mário Fernandes pediu para deixar o grupo porque sofre de "problemas particulares responsáveis por uma alta carga de estresse".
Mais cedo, ele mesmo se justificou em seu Twitter:
"Estou focado no Grêmio, o Tricolor é a minha vida no momento, abraço a todos.", disse.
Na mesma nota divulgada pela assessoria, o lateral agradece ao técnico Mano Menezes pela oportunidade de defender a seleção, mas diz que "não se encontra em condições psicológicas de se dedicar inteiramente à seleção nacional".
"O jogador pede que sua decisão seja respeitada pelos torcedores, imprensa e pessoas ligadas ao futebol.
Mais cedo, o Grêmio divulgara uma nota em que comunicava à CBF o pedido de desconvocação do jogador "alegando motivos estritamente pessoais, sem afastar a possibilidade de voltar a defender a seleção futuramente".
"O jogador disse também que está totalmente focado no Grêmio, onde continuará realizando seu trabalho da melhor maneira possível".
Mano diz que motivos não são suficientes
A CBF liberou o jogador e informou que Mano não deve convocar um substituto para ele, mantendo Danilo como único lateral-direito do grupo. O técnico, aliás, deixa claro em comunicado divulgado pela entidade que o futuro do jogador na equipe após o pedido de dispensa passa a ser incerto.
"Mano Menezes diz que respeita os motivos abordados pelo jogador, mas ressalta que considera não serem os mesmos suficientes para futuras decisões envolvendo a seleção brasileira", diz a nota divulgada pela CBF.
Jéfferson comenta desistência de lateral
Na chegada da seleção em Belém, o goleiro Jéfferson, do Botafogo, comentou a situação de Mário Fernandes.
- Recusar a seleção não é uma questão de personalidade. É o sonho de todo jogador. Não sei o que aconteceu, mas todos que vêm aqui são bem recebidos, independentemente de idade ou clube. Mas cada um tem seu pensamento.
Já Ronaldinho disse que espera corresponder à expectativa do torcedor do Pará.
- Estou muito feliz. Espero corresponder e dar alegria para o povo brasileiro - disse. 
O GLOBO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

NORTERIOGRANDENSE DE FUTSAL COMEÇA NO PRÓXIMO SÁBADO (21) (TABELA COMPLETA)

Foto: abcfc Campeonato Norteriograndense de Futsal será iniciado no próximo sábado com a participação de 6 equipes. 1. Cruzeiro/Ulbr...