BRASIL PENTA NO SUB-20.



Iluminado ao marcar três vezes na decisão do Mundial, camisa 11 também fez ‘gol de centroavante’. Danilo: ‘Quero ser como ele quando crescer’

Por Victor CanedoDireto de Bogotá, Colômbia
oscar gol brasil x portugal mundial sub 20 (Foto: AP)Oscar chota após o apito final na decisão deste
sábado, contra Portugal, em Bogotá (Foto: AP)
Quando chegou à chamada zona mista para encarar o batalhão de jornalistas, Oscar se deu conta do que havia feito no campo do Estádio El Campín nas duas horas anteriores. O meia, que até então não havia marcado no Mundial Sub-20, exibiu o seu vasto repertório logo no mais importante. Foram três gols na finalíssima do torneio, vencida pela Seleção Brasileira por 3 a 2, na prorrogação (assista aos melhores momentos ao lado). Distribuindo sorrisos, o camisa 11 brincou com os diferentes estilos de cada um dos tentos, em especial o último, em um lance despretensioso...
– Foi um dos melhores cruzamentos da minha vida. Um golaço! Às vezes a gente vai cruzar e acerta o gol, e esse aí veio na hora certa, na prorrogação, em um jogo que tinha tudo para ir para os pênaltis... Foi certamente o mais bonito. Mas o segundo aconteceu em um momento difícil, nossa equipe não estava conseguindo criar e faltava pouco tempo. Pela importância, fico com esse gol de centroavante, afinal, já joguei de tudo nessa Seleção (risos) – disse Oscar, que passou a inspirar também o companheiro e lateral-direito Danilo.
– Falei que quando crescer quero ser igual a ele – contou o santista.
O fato, é claro, foi inédito na curta carreira do jogador, de apenas 19 anos.
– Nunca tinha feito três gols em final de um Mundial. Isso marca bastante. Vinha jogando bem, só faltavam os gols. Todo mundo me cobrava: cadê o seu? Agora falam que eu guardei tudo para a final. Mas essa ficha vai demorar a cair... – afirmou.
Para Oscar, a conquista da competição significará uma nova era para o futebol brasileiro.
– A sub-20 deu ânimo para o povo. Foi um título muito importante porque o Brasil havia perdido a Copa América e a pressão nas Olimpíadas e Copa será grande. Ajudamos a renovar essa torcida e o Mano, que veio nos assistir de novo, mostrou que é pé-quente.
Direto para a concentração
Quem também tem motivos para se animar é o torcedor do Internacional, que contará com uma de suas peças fundamentais já na quarta-feira, no jogo de volta da Recopa, contra o Independiente, no Beira-Rio. Na ida, 2 a 1 para os argentinos.
– Chegando lá já tem a final da Recopa. É um jogo importante para o Inter. Já vou segunda-feira me concentrar para essa outra decisão.

Comentários