Após concussão, goleiro do Leverkusen perde memória

El arquero del Leverkusen sufrió una conmoción cerebral al chocar con un rival. Foto: AFP
Fabian Giefer diz que não se lembra de nada que aconteceu no último mês
Foto: AFP

O goleiro Fabian Giefer, do Bayer Leverkusen, declarou ter perdido a memória de tudo o que aconteceu no último mês após sofrer uma concussão durante a partida contra o Mainz, no domingo, pela primeira rodada do Campeonato Alemão. Segundo o site do jornal espanholMarca, Giefer diz que não se lembra de nada que aconteceu no último mês, nem como foi a partida em questão.
Na ocasião, o goleiro se chocou com Eric Maxim, do Mainz, mas na hora a contusão não pareceu séria e ele continuou em campo. Após o jogo, o goleiro foi hospitalizado e os médicos diagnosticaram uma concussão cerebral.
O Mainz venceu a partida por 2 a 0, e o curioso é que Giefer havia falhado no primeiro gol. Aos 32 minutos da etapa inicial, a bola foi recuada para ele, sozinho na área. O goleiro tentou tocar de primeira para um companheiro na esquerda, mas errou o chute e a bola ficou nos pés de Allagui, que só teve o trabalho de colocar para dentro do gol.
Giefer é originalmente o terceiro goleiro do Leverkusen. O dono da posição, Rene Adler, está fora dos gramados até setembro por causa de uma lesão no joelho, e o substituto imediato, David Yelldell, perdeu a posição após falhar na derrota do atual vice-campeão alemão para o Dynamo Dresden, pela Copa da Alemanha.
por terra esportes

Comentários